Relato sobre uma abordagem

Foi só publicarmos um texto sobre as mazelas que Deus faz incidir sobre difamadores, que chegou até nós um relato bastante revelador, conforme podem ver a seguir:

———————————————–

“Quando a esmola é grande demais, o santo desconfia…”

Nunca pensei que esse ditado fosse ganhar tanto significado pra mim, como quando fui procurada por uma certa mulher, de Brasília, que tentava “me ajudar” de qualquer jeito, querendo me convencer de que meu filho estava no pior lugar do mundo!

Sou mãe de um aluno do Colégio Arautos, moro em São Bernardo do Campo – SP e quero compartilhar com você a minha experiência. Talvez isso te ajude a responder adequadamente se um dia essa mulher te procurar também.

Um belo dia, ela começou a me mandar mensagenzinhas por uma rede social dizendo: “salve Maria”, “como vai?”, “meu filho aparece no vídeo junto com o seu”, etc. Entrei no perfil dela para saber quem era e vi uma foto dela com um arautinho. Logo pensei que fosse a mãe de um coleguinha do meu filho, então começamos uma conversa.

Não demorou nada para eu perceber que estava diante de uma serpente que tentava me morder, como essas cobras do Egito que tentam hipnotizar a vítima antes de picar.

Ela começou a conversa bem devagarinho, foi perguntando de mim, da minha vida, se meu filho conheceu os arautos na escola, etc., até que começou a explicar que ela fez o filho dela voltar para casa.

01

Era a cobra dançando na minha frente…

02

… rastejando bem de mansinho…

03

… chegando perto…

04

…até dar o bote:

05

E me colocou num grupo de gente que não tem o que fazer e que passa o tempo inteiro falando mal dos arautos. Senti uma energia muito pesada naquele pessoal e fugi deles como quem corre de bandido.

O que elas falam é completamente absurdo.

Dizer que os arautos adoram Monsenhor João é ignorância de quem calunia. O Monsenhor João é fundador, por isso é sim muito querido. Eu mesma até disse para ela que gosto muito do Monsenhor Jonas Abib, o fundador da Canção Nova. Qual o problema? Duvido que elas não sejam fãs de alguém.

Tem cabimento reclamar que os arautos alimentam mal as crianças, por isso ficam magras? Quero ver o filho dela comer melhor na própria casa… Aliás, para ver como é desonestidade, depois eu soube que essa mesma mulher falava por aí que o filho dela era alimentado demais. Ou seja, usa um discurso diferente dependendo da ocasião…

As coisas que diziam eram tão surreais e cheias de mentiras, que eu me pergunto qual a verdadeira intenção de uma pessoa que faz isso. Até me pergunto: isso sai mesmo da cabeça delas, ou tem mais gente por trás? E se tiver, o que estão querendo? Os investigadores dizem que para descobrir quem está por trás de um crime, é só perguntar: “a quem aproveita o crime?”

Nesse caso, a quem aproveita essa movimentação?

Eu não sei, mas o certo é que deve ser alguém com muito dinheiro para sustentar essas mulheres sem trabalhar, fofocando no telefone e nas redes, e falando mal dos outros!

Por Maria do Socorro

—————————–

.

21 comentários sobre “Relato sobre uma abordagem

  1. Muito oportunos estes comentários contra os difamadores, que provavelmente devem estar ganhando algum dinheiro para se empenhar tanto em difamar.

    Curtir

  2. Acredito que existem pesssoas de bom caráter e que tenham responsabilidade e outras que vivem pensando só em tentar agredir os outros!
    Mas tenho certeza que nunca duvidei do bom exemplo e responsabilidade dos Arautos do Evangelho!
    Sou muito grata a eles por tudo e principalmente pela dedicação para com cada um que lá frequenta !
    Fico indignada com as pessoas que gostam só de enxergar defeitos sem que tenham !!!!

    Curtir

  3. Devemos defender esta Obra Magnífica dessas pessoas incautas, que são incapazes de reconhecer o heroísmo e o Sacrifício imensurável de nosso Venerando fundador Mons. João, para levar esta Obra adiante, em que um objetivo primordial é a Glória de Deus e da Santíssima Virgem e a salvação das almas.

    Curtir

  4. Salve Maria!
    Tenho a graça se ter minhas duas filhas nos Arautos há 15 anos. Só tenho a agradecer a formação que elas tiveram e continuam tendo nessa instituição abençoada.
    Fico imaginando com pesar, a frustração em que se encontram esses filhos que foram “arrancados” de suas vocações para ” ” adorarem” suas mães cheias de caprichos.
    Que Nossa Senhora os ajude!!

    Curtir

  5. Este relato me chamou muito a atenção, pois como mãe de Arauto passei por algo semelhante e até mais. Uma ministra da eucaristia de uma Igreja ‘por aí’, veio tentar me pôr em dúvida de onde eu havia deixado ir meu filho, pois era muito perigoso blá blá blá… respondi àquela senhora que em primeiro lugar eu fui até uma Sede (eu e minha família) convidada e levada pelos próprios Arautos do Evangelho para conhecer o lugar onde meu filho estava frequentando e por sinal, amando.
    —— Depois veio ‘increspação’ do pároco, pois ele não havia “dado permissão” por escrito para meu filho frequentar outro carisma. Ohhh céus!!!!
    Resumindo, meu filho hoje está muitíssimo feliz depois de uma década dentro do colégio dos Arautos, e nada mais que natural AMAR O FUNDADOR e dedicar-se à obra, afinal, que espécie de filhos seriam se não amassem e obedecessem seu pai????
    Os trouxas não amam por acaso o imbecil que fica berrando em cima do palco “vomitando” rock da pesada regado a droga e palavrões???????
    Quantos pais se gabam por levar o filho para um show de rock, mas quando é religioso impõem regras demais e duvidam de tudo… INVERSÃO TOTAL, NÃO???

    SALVE MARIA!!!

    Curtir

  6. Que interessante!!!!! Muito semelhante a uma história que conheço!!!! Uma mulher com papinho manso de que o filho (arautinho) estava passando fome no colégio dos Arautos, e que ouviu dizer que estavam ensinando as crianças a colocar o Sr. Dr. Plínio no altar, no lugar de Nossa Senhora kkkkkkkkkk… é louca de pedra ela. Logo tirou o filho À FORÇA, pois o pequeno não queria sair… e depois disso, passou a difamar os Arautos do Evangelho de toda forma.

    Curtir

    1. Muito esclarecedor! Agradeço ter compartilhado essa experiência! Se até no paraíso tinha serpente…estejamos atentos às que estão fora.
      Sou louco pelos Arautos, eles me ensinaram a amar a Santa Igreja, a Nossa Senhora e São José e essa obra maravilhosa é fruto da dedicação de Monsenhor, que exemplo de vida!

      Curtir

  7. Olha, dona Maria do Socorro! Em primeiro.lugar, parabéns por sua sensatez e principalmente por seu senso de justiça ao percener o veneno da calúnia sob a capa de um pretenso zelo materno e que visa no fundo não o bem dos filhos mas o fim de uma instituição que verdadeiramente ama a família! Será que elas sabem que Monsemhor além de se preocupar com o bem espiritual dos jovens, preocupa e zela tb pela boa educação ao incentivar fundações de colégios de ambos os sexos no mundo inteiro! Colégios e sedes de formação em cujos domínios além de refeições sadias, há a presença de médicos, enfermeiros e até psicólogos de formação comprovada? Nem comento a fala da adoração, uma acusação tão descabida e sem fundamentos que beira à insanidade! Basta visitar qualquer sede ou igreja dos Arautos e constatar como é adorado o Santíssimo Sacramento e como Monsenhor em seus escritos ou homilias, apesar do justo e grande destaque que lhe é dado como Fundador, transpira humildade, devolvendo ao Mestre, Dr. Plínio, bem como à Nossa Senhora os louvores de que é objeto! Obrigado por essa defesa dos Arautos e que Nossa Senhora abençoe seu filho e sua família!

    Curtir

  8. A que ponto chega um ser humano é usado pelo próprio satanás!!!
    Essas mulheres que se ocupa em tentar difamar os Arautos do Evangelho, nada mais são que filhas das trevas. Elas sabendo que se não mudarem de vidas, estarão sujeitas a condenação eterna, e não querendo mudar, so resta uma coisa, vamos levar mais pessoas com agente porque assim a festa de fogo eterno la em baixo fica mais quente.
    Cuidado maes, com essas filhas das trevas, não faca como nossos primeiros pais, não de ouvidos a serpentes.

    Curtir

  9. Tenho duas filhas nos Arautos e isso é motivo, para mim, de bastante alegria. Sempre foram muito bem tratadas, de todas as formas (saúde, alimentação, convívio, etc.). Esse tipo de calúnia muito provavelmente é fomentado por algum interesse escuso.

    Curtir

  10. E sempre assim os filhos das trevas vai rastejando como a serpente… Mas e bíblico ” Ela esmagará a cabeça da serpente” que Nossa Senhora intervenha e abençoe os seus filhos

    Curtir

    1. Salve Maria, dona Maria do Socorro! Que mulher perigosa essa, hein?! Ainda bem que a senhora teve discernimento para não cair nessa cilada! Espero que as outras mães também tenham! Minha irmã é ex arauto e ama os fundadores! Aprendeu muitas coisas maravilhosas no tempo em que viveu na sede, e melhor, trouxe esses ensinamentos para nossa família! Que Nossa Senhora proteja seu filho e toda sua família! Continue firme!!

      Curtir

  11. Se isso estivesse acontecendo com qualquer outra escola ou organização religiosa, essas difamadoras já estariam sendo processadas faz tempo.

    Curtir

    1. Que absurdo, ñ tem o que fazer fica ai difamando uma instituição maravilhosa, carismática, tinha que arrumar o que fazer pra essa pessoa ou processa- lá. Afffff

      Curtir

    2. Engraçado é o seguinte:
      O filho vai para um show qualquer, passa a madrugada toda na fila para esperar o “ídolo”dele, veste as mesmas roupas, tem os mesmos comportamentos, o mesmo corte de cabelo horrível, a mesma vestimenta de punk ou seja lá o que denomine … Chamam de “desejos de adolescentes”!…
      Ora do por que os meninos estão no caminho do bem e do belo aí não!!! É lavagem cerebral, é isso é aquilo!!!
      Quando é para juntar monte de garotos junto a costumes e comportamentos duvidosos aí é válido… Para chamar os meninos aos bons costumes e à virtude aí não…
      Olha… Complicado viu!!! Tem coisas que dá vontade de dizer que não se podem colocar nessas linhas ..

      Curtir

      1. Comentário perfeito!!!! É bem assim mesmo, e trocando em miúdos: “meu filho é o rei das meninas MAS DEUS O LIVRE SER UM RELIGIOSO”.

        Curtir

      2. Tenho uma família de 12 filhos e todos fazem parte dos Arautos do Evangelho, sendo quatro filhos religiosos ,uma na Ordem l e 3 na Ordem ll , além de 5 Terciários. Sinceramente nunca vi calúnia tão absurda e infundada. Agradeço a Deus ter conhecido os Arautos e a excelente formação que deu a minha família , conheço o Fundador a mais de 40 anos e nunca vi nada absolutamente nada ,a reclamar ,ao contrário exemplo de santidade a ser seguido. É lamentável a atitude maldosa dessa Senhora.

        Curtir

  12. Essa denúncia é importante.Certamente os Arautos já estão alertando todas as famílias que têm filhos nos Arautos ,contra esse rede de difamadores.É bom coletar todas as provas para os processos contra os caluniadores.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s