Um arauto rompe o silêncio

Ainda sobre o comissariado, está circulando uma carta escrita por um arauto, a qual foi publicada na Itália. Para os interessados em conhecer melhor o seu teor, conseguimos uma tradução para nosso idioma, que segue abaixo. Parabenizamos a ele, por pautar-se pela autenticidade ao invés se sujeitar ao formalismo institucional, e por mostrar que o alerta permanece ligado ao máximo. Aproveitamos para, em alguns trechos, incluir links para alguns posts que havíamos publicado sobre determinados assuntos que ele menciona.

———————————-

Prezado Dr. Tosatti,

Sou um leigo celibatário, de 67 anos, formado em Direito Canônico. Como membro da TFP, fui auxiliar de seu fundador, o Prof. Plinio, durante anos. Hoje, continuo minha jornada nos Arautos do Evangelho. Não tenho nenhum cargo diretivo na entidade, mas pude acompanhar de perto todo o processo relativo à Visita Apostólica designada pela Santa Sé, participando, inclusive, da comissão de especialistas responsáveis de preparar o dossiê de “Resposta às Perguntas Finais” levantadas pelos visitadores, devido às acusações, sem fundamento, de um grupelho de ex-membros pouco aficionados ao carisma. Por conseguinte, tenho conhecimento de causa.

Escrevo o presente relato por iniciativa própria, contrariando, é preciso dizer, a indicação de manter o silêncio, em vigor entre nós. Assim, depois de uma profunda reflexão diante de Deus, me sinto no dever de consciência de defender minha honra pessoal e a de muitas almas que procuram colaborar com o fecundo apostolado da Associação pelo bem da Igreja.

Há muito tempo venho acompanhando seu trabalho, prezado Dr. Tosatti, e admiro sua coragem. Por esta razão, creio ser o senhor a pessoa mais indicada para trazer a lume este meu testemunho, que foi motivado, sobretudo, pela notícia do Vatican Insider, assinada por Salvatore Cernuzio (28/9/2019): “O Vaticano comissiona os Arautos do Evangelho, a associação brasileira de estranhos exorcismos, sob investigação desde 2017”.

Com efeito, diversos órgãos de imprensa mundiais logo deram a notícia do Comissionamento dos Arautos. Já esperávamos informações sensacionalistas ou falsas. A surpresa desagradável foi que a reação mais agressiva veio da parte de quem muitos consideram como o veículo oficioso de certo setor curial fervoroso dos ventos da ‘misericórdia’.

Qual seria a causa disso? Cui bono? Ou seja, a quem beneficia? Não sabemos, mas aqui estão alguns indícios.

I) Quanta carência…

Começamos pela palavra inicial do artigo de Cernuzio: “carência”, fazendo referência àquilo de que os Arautos, supostamente, padecem. Qualquer cristão sabe que só Deus é isento de qualquer tipo de “carência” (S. Theol., I, q. 4, a. 2, co.). No entanto, é difícil ver onde e como a Associação tem “carência” de vocações, de governo ou administrativa. Sobretudo se contemplamos o panorama católico hodierno, tão cheio de “carência”. Sou honesto em reconhecer que ninguém é bom juiz em causa própria, mas, por outro lado, não podemos negar a verdade pública conhecida enquanto tal: o declínio das vocações, os problemas de governo e administrativos graves que existem em muitos institutos. A Irmã Auxiliar do Comissário nomeado para os Arautos, por exemplo, é Superiora Geral das Irmãs da Divina Providência, que hoje conta com 928 religiosas, contra as 1411 que eram em 2005. Mencionamos exatamente a Divina Providência para que a reverenda madre nos oriente, de maneira a evitar que suceda conosco o mesmo que sucedeu a elas…

Por outra parte, podemos constatar com tristeza uma “carência” no artigo de Cernuzio e é a de um princípio básico da justiça, tão bem acolhido pelo código deontológico do jornalismo: “Audiatur et altera pars”. E não é só isso. O Código de Direito Canônico declara (cân. 1526) “onus probandi incumbit ei qui asserit” – “o ônus da prova recai sobre aqueles que acusam”. De fato, o juiz tem a obrigação de interrogar as partes antes de proferir a sentença (cân. 1530) “partes interrogare semper potest, immo debet”. Cernuzio se autodenominou juiz, mas “carente” de toda competência jurídica, não aplicou ao caso os princípios próprios da justiça, pois, ao que me parece não procurou nenhum de meus confrades.

Depois de repetir as supostas “carências” que, entre outras coisas, constam no site Vatican News como sendo as razões jurídicas, tanto da visita quanto do comissionamento, Cernuzio tenta exumar uma antiga controvérsia sobre supostos exorcismos, já amplamente esclarecida a diversos órgãos de imprensa, a diversos bispos locais e ao próprio Vaticano, no referido dossiê de 572 páginas – acompanhado de 42 volumes, contendo 75 anexos, totalizando mais de 18 mil páginas de documentos e publicações –, com as explicações detalhadas sobre estes e outros eventos. No que diz respeito aos supostos exorcismos, o caso foi considerado encerrado pela autoridade judicial da Diocese interessada, sem que tenha sido assinalada qualquer violação das regras canônicas ou litúrgicas. Então, por que reacender uma controvérsia já arquivada? “Res iudicata pro veritate habetur”: a sentença jurídica julgada deve ser considerada como uma verdade.

II) “Estranhos exorcismos” ou prática imemorial da Igreja?

A história dos exorcismos incriminados, basicamente, se tratava de “orações de libertação”, recomendadas inclusive para leigos e leigas, amplamente difundidas no orbe católico, como previsto no próprio Ritual Romano: De exorcismis et supplicationibus quibusdam. No caso em análise, não se tratava de um “exorcismo solene”, ato de culto público da Igreja, mas apenas de invocações ad libitum contra os espíritos das trevas, eficazes em tantos casos ex virtute charismatis; como fizeram tantos católicos ao longo da História, vários deles canonizados, como Santa Francisca Romana e São Pio de Pietrelcina.

Em uma situação de vexação diabólica é dever de caridade de todo cristão – a fortiori de um sacerdote – procurar a cura espiritual da alma “carente” de auxílio sobrenatural. Isso não é senão misericórdia, ou estou errado? A prova da naturalidade desses fatos emerge dos testemunhos de agradecimento – quero crer que tenham sido conservados com cuidado em arquivo – enviados aos membros da instituição, da parte de tantíssimas pessoas beneficiadas. Se os frutos são bons, não o será também a árvore?

III) Culto a uma espécie de “trindade” ou virtude ligada à justiça?

Nas páginas de certa imprensa anticatólica brasileira, a quem vem unir-se agora Vatican Insider, está se tornando comum a mania de confundir a veneração ou o respeito devotado ao Prof. Plinio Corrêa de Oliveira, a Dona Lucilia, sua mãe, e a Mons. João, com “adoração”.

Como se sabe, a objeção contra qualquer tipo de culto a homens ou mulheres é de perfil protestante, uma vez que no seio dessas denominações separadas da Igreja Católica foi eliminado todo tipo de veneração ou respeito a pessoas que o merecem, considerando tal prática como um gênero de idolatria, em favor do que eles chamam Cristocentrismo bíblico.

Não é preciso ser teólogo para saber a diferença entre o respeito e a honra devidos aos superiores (ver S. Theol., II-II, q. 102-103), e o culto de latria reservado somente a Deus. Até os pagãos homenageavam as pessoas consideradas excelentes entre eles. De outra parte, não é necessário ser formado em Direito Canônico para perceber a diferença entre culto público e culto privado. A questão foi claramente elucidada pelos Arautos em diversas publicações e na própria “Resposta às Perguntas Finais” da Visita Apostólica, acima referida.

Em síntese, todo fiel pode e deve, em virtude da justiça e do quarto mandamento do Decálogo, considerar dignas de respeito as pessoas investidas de autoridade ou virtuosas, como diz o Apóstolo: “Reddite omnibus debita: […] cui timorem timorem, cui honorem honorem” (Rm 13,7).

Então, devemos levar em conta que não é a canonização que torna uma pessoa santa, mas é porque alguém é santo que vem a ser canonizado; e, de fato, é a “fama de santidade” entre o povo de Deus o que leva a iniciar os processos canônicos. Nesse sentido, a fama de santidade do Prof. Plinio e, sobretudo, de sua mãe, Lucilia, se estendeu muito além dos círculos dos Arautos do Evangelho. Com efeito, é enorme a quantidade de depoimentos acerca de graças recebidas, sejam materiais ou espirituais, da parte de pessoas de todas as condições, países e idade.

IV) Milenarismo ou profetismo?

Também é estranho rotular os Arautos como estregues a uma espécie de “culto secreto e extravagante feito de teorias milenárias levantadas por causa de Nossa Senhora de Fátima”. Primeiro, não se pode confundir milenarismo com profetismo. Com efeito, em 2007, Bento XVI declarou, a respeito da mensagem de Fátima: “é a mais profética de todas as aparições modernas”.

Naquele mesmo ano, em contrapartida, durante a visita apostólica ao Brasil, o Pontífice usou a palavra “milenarismo”, numa das poucas vezes no magistério recente. E com que finalidade? Para se referir à Teologia da Libertação como sendo um milenarismo fácil, “uma mistura errada entre Igreja e Política”. Porém, como se sabe, os Arautos não estão mais interessados em discussões políticas. Uma outra vez o milenarismo foi atribuído por São João Paulo II a movimentos ligados à New Age, filosofia vazia, de cunho gnóstico, que goza de simpatia no seio de outras congregações, mas não entre os Arautos, como é evidente.

Finalmente, atribuir aos Arautos o apelativo “milenarista” é uma contradictio in terminis. Primeiro de tudo, porque eles se encontram nas trilhas do movimento contrarrevolucionário; segundo, porque foi afirmado pelo Vatican News. Entretanto, como se sabe, esse movimento é diametralmente oposto à “revolução de massa”, pretendida como um meio de alcançar o suposto reino mundano, característica típica dos movimentos milenaristas.

Os Arautos, também, foram considerados por Bento XVI como uma Associação capaz de frear a expansão das seitas, muitas delas consideradas pelo próprio Ratzinger, no livro Rapporto sulla Fede, como sendo de caráter milenarista. E isso é precisamente porque, segundo ele: “A valorização correta de mensagens como a de Fátima pode ser uma espécie de resposta [ao crescimento das seitas, em particular aquelas apontadas como milenaristas]”. Concluindo, creio que Cernuzio está realmente errado: de acordo com o recente magistério da Igreja, os Arautos e sua devoção à mensagem profética de Fátima são uma realidade oposta ao milenarismo.

V) Algumas curiosidades para terminar…

É curioso que Cernuzio afirme que já estava em curso uma “investigação aprofundada envolvendo o Instituto” por ocasião da renúncia do fundador, quando na realidade a visita nem havia sido anunciada.

É curioso que o comissionamento tenha sido decretado (com um erro básico que poderia invalidá-lo ao menos parcialmente), apesar de as evidências mostrarem não haver nenhum fato consistente para justificar tal medida.

É curioso que um jornal, que se supõe tão atualizado, tenha omitido uma informação bem conhecida pelas autoridades vaticanas, isto é, a parcialidade evidente de um dos visitadores contra os Arautos. Fato confirmado de acordo com os documentos que tive diante dos meus olhos.

Enfim, a notícia do Vatican News descreve o fundador dos Arautos como “ex-membro da associação católica tradicionalista e contrarrevolucionária brasileira TFP”. Com todo o mundo sabe, o fundador da TFP é o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira, grande líder católico de reputação mundial. Ele mesmo, no longínquo ano de 1979, desmascarou a intenção de certa ala mais “avançada” da Igreja, num livro cujo título já revela seu teor profético: “Tribalismo indígena, ideal comuno-missionário para a Igreja do Século XXI”.

Em suma, me parece altamente simbólico que parte desta facção, herdeira da teologia da libertação camaleônica – hoje, depois de estranha metamorfose, transformada numa espécie de eco-teologia –, na iminência do Sínodo da Amazônia, tenha decretado sacrificar sobre o altar da “mãe terra” uma instituição que, tanto em sua origem como em sua espiritualidade, tenha uma ligação tão estreita com o Prof. Plinio.

Além de suas intenções, uma coisa eu sei e creio: as obras de Deus são imortais!

M. Jiménez,

Arauto do Evangelho, Doutor em Direito Canônico pela Pontifícia Universidade São Tomás de Aquino – Angelicum (Roma)

Publicada originalmente em: www.marcotosatti.com

 

.

132 comentários sobre “Um arauto rompe o silêncio

  1. EXCLUSIVO- ULTIMA NOVIDADE!!!
    Vejam só, parece que estão aprendendo…
    Não publicar foto dos Arautos, pois faz propaganda grátis …
    Não demonstrar tanto o ódio, pois fica na cara que é calunia…
    Não citar nomes nem documentos senão vagamente, se não levam processo…
    Enfim, procurar bem na internet para citar o que eles possam demonstrar depois, ainda que seja velho de 3 anos e já tenha sido refutado…
    Depois, vem cá!!! A veja falando em direito canônico???!!!???
    Será que eles acham canônico as imoralidades que publicam???
    _Há não. Mas a veja não é católica…
    Será então canônico e católico participar de rituais satânicos dentro dos jardins do Vaticano??? Ou fazer procissões com ídolos pagãos dentro da basílica de são Pedro???
    E qualquer sacerdote dos Arautos são formados o bastante para não andar por ai afirmando heresias, que depois o departamento de imprensa do Vaticano tem que desmentir em comunicados, dizendo que foi mal-entendido…
    !!!!HIPÓCRITAS!!!!!

  2. Os caros leitores deste site já devem ter notado a preocupação que os maus têm com o Bem. Seja em que campo for, político, econômico, religioso, etc eles ai estão lutando com forças preternaturais para prejudicar o Bem e projetar o mal no mundo. No caso dos Arautos, as más interpretações são mesmo maliciosas e demonstram a malícia diabólica com que agem: se os Arautos são devotos dos Santos, da Virgem, eles são radicais e fanáticos. Se amam a Verdade, o que é Bom e o que é Belo, eles são apenas ostentadores e os ‘donos’ da verdade. Se suas sedes, Igrejas são esplendorosas para despertar a piedade, o amor de Deus, o desejo de conversão, eles são ricaços, pedintes, nababos etc. Para o mundo, tudo o que é o melhor para se amar a Deus, para ele é exagero, luxo… Convém lembrar que não prezamos a Beleza como luxo ou amor ao dinheiro, mas uma Honra para Deus. Quem tem o dinheiro como o grande deus atual e a ele prestam homenagem instintiva é precisamente a sociedade paganizada e esquecida do Ceú e de Deus! Essa sociedade pagã, sim, é que peca pelo amor à fama, ao prestígio, à ambição e a exibição. Deus é Puro e Humilde.

  3. Todas as manhãs dou um giro pelos muitos blogs que defendem os Arautos para ver os novos posts.Cheguei à conclusão que os Arautos estão muito bem preparados para a luta.Os inimigos estão com medo de avançar.A batalha vai ser fenomenal.Os estandartes estão prontos para voltar às ruas e praças.Gostaria de ser um bom pintor para pintar simbolicamente o Monsenhor João em pé com a espada na mão.

      1. Não acesso a internet por celular.Eu tinha me inscrito neste blog para ser avisado sobre novos posts, mas depois de alguns avisos o serviço parou de funcionar.Aproveito para explicar que estou colocando De Minas após o meu nome para diferenciar de um Luis Antônio que apareceu nos primeiros posts,que é cheio de objeções.

    1. Rapaz!!!, você não sabe… Vou contar uma só para nós dois, certo! Não deixe ninguém saber… Posso contar com sua discrição? Olha lá, rapaz! Confio em você, hein! Tenho duas capas “novinhas” bem guardadinhas com aquele cuidado!… Quando começou o “racha” (1997), me precavi e consegui duas capas novinhas. Numa coloquei o medalhão de nosso Pai e Senhor; na outra coloquei o leão rompante, glorioso de tantas batalhas, pronto para rugir a qualquer momento. No momento oportuno, se você souber, me avise o quanto antes que… Praesto Sum.

  4. Acabo de ver uma noticia que dizia; o que mais interessa ao Vaticano é se apoderar do dinheiro dos Arautos, pois deste modo, matariam dois coelhos com uma cajadada só, primeiro , teriam aumentado seu já exorbitante fundo no banco Vaticano, que diga-se de passagem, teve mais escândalo de roubo esta semana, e em segundo lugar diminuiriam os recursos para uma resistência prolongada…
    Só digo o seguinte; Abram bem o olho!!! Eles não são um conjuntinho de frades ou freirinhas piedosas que abaixam a cabeça em nome do bom relacionamento.
    SÃO GUERREIROS DA VERDADE E APÓSTOLOS DOS ÚLTIMOS TEMPOS!!! CRUCÍFEROS!!!

    1. Além disso, se lhes tirarem o azeite, eles põe fogo na água do mar (pior que São Charbel Makhlouf); se lhes faltar pólvora, ele usam areia das praias e o resultado é ainda melhor (batalha do Monte das Tabocas); se não houver comida, eles comungam farão muito mais que Santo Elias, e correr]ao mais de 40 dias sem interrupção… Não mexam com o Leão… Ele é o “enfant gaté” de Maria Santíssima! Ela tem frêmitos por seu filho amado (Na. Sra. do Bom Sucesso)… Ela fará por Ele muito mais do que já fez no passado… innova signa, immuta mirabilia… Outrora, combatestes “graminhas” e fostes derrotados… Agora, quereis combater Cedros do Líbano??? Maledictio….

  5. Andei pensando e cheguei `a seguinte conclusão;
    O problema dos Arautos é sobre tudo o Habito, e a maneira que eles o portam.
    Alguem consegue imaginar um arauto de habito, assistindo uma serimonia daquelas no jardim de algum lugar por ai ????
    Ou seja não precisa falar contra, basta existir… Já é suficiente para incomodar muito.
    Já pensaram quando resolverem romper o silencio a repeito de tanta coisa…???
    Antigamente se dizia; “Não basta ser bom, tem que parecer bom”. Hoje em dia a coisa mudou; “Não basta parecer (e\ou aparecer) ruim, tem que ser ruim”.
    Quem destoa deve ser perseguido e eliminado…

      1. Pois é, como dizia são Pio V de Dom João D`Austria;
        Houve um Homem enviado por Deus cujo nome é JOÃO!!!
        Quando isso acontece, não adianta os infernos urrarem, Deus já decretou sua derrota, agora é questão de tempo…
        A revolução estrebucha como uma besta da qual lhe arrancaram os olhos e feriram de morte, vai tentar morder e destruir qualquer coisa que lhe tiver ao alcance, sabendo que lhe resta pouco tempo de vida…
        Mas quando o principal jogador é o juiz, a batalha já esta decidida, Ele pode até permitir certas pseudo-vitórias ao inimigo… só para abrilhantar seu triunfo.

    1. Artigo excelente! Parabéns pela lógica, clareza e veracidade na escrita. Esperamos que os integrantes do comissariado tenham os mesmos predicados.

      1. O Genaldo, me permita uma pergunta; você é contra os arautos ou é mais um dos burros que não se informa antes de comentar? Francamente! VOCÊ SABE de algo que está acontecendo? EU SEI. Desculpe a franqueza mas não estamos aqui para perder tempo com despistados e curtos de inteligência que nem se quer pensa um pouco antes de soltar as besteiras que estoca na cabeça.

  6. Impressionante Sr Tigre, vê-se que elês estão nesta perseguição toda, por isso que o senhor anuncia com urgência e clareza, nesse comunicado, e , promete mais, o que nós aqui, das alterosas e de todos os lados, tenho certeza, aguardamos ansiosos….. mineiramente.
    O que parece que está começando a esboçar é uma grande dificuldade “deles “ sustentarem essas historia. Me parece que esta acontecendo aquela historia do Dr.Plinio que falava da cabeça da cobra separando rapidamente do resto do corpo, eles não vão conseguir voltar mais, e a estrutura da víbora vai explodir. Correram demais….. calibraram mal, ou personagens da transesfera ofuscaram suas mentes , “modernisticamente” atéias.
    Parece que venceram… mas, nós não acreditamos neles.

    1. Pois é! Esta muito bem pego, a questão é que a revolução tem que caminhar, mas para isso precisa destruir o que ela mesma havia criado… a questão é que o que funcionou com todo mundo até agora, ( o jogo de afagar, amolecer e apodrecer, para depois destruir), não esta funcionando com os Arautos… pois lá existe uma “doutrina nova dotada de potência“.
      Creio que fizeram uma burrice, pois foram cutucar o Leão que estava dormindo… agora ele se levantou e esta começando a mostrar os dentes, quero ver quando ele se der conta que esta faminto, depois de tanto tempo de espera…

    2. A cabeça não consegue avançar, pois o leão, esta segurando a calda da serpente, o jeito é tentar matar o leão, mas com isto a serpente se parte e ai esta morta…
      E que eles não se esqueçam; O leão é o calcanhar da Virgem, Ela lhe esmagará a cabeça….

  7. Muito bom artigo! Quem esta em ordem com Deus reflete isso nas suas atitudes, inclusive a de escrita.
    No mais, os famosos dizeres de Santa Teresa bem pode ser aplicado ao que esta ocorrendo: “Tudo passa. […] Quem tem a Deus, nada lhe falta. Só Deus basta”

  8. !!!!!URGENTE!!!!!!!
    Tive acesso a alguns documentos que revelam o verdadeiro motivo pelo qual os Arautos estão sendo comissariados, garanto que após a revelação dos mesmos muitos dos senhores e senhoras irão rever o vosso posicionamento a respeito do caso… Seguem alguns tópicos do mencionado escrito;
    1- Os Arautos NÃO se caracterizam como SEITA amazônica (mesmo sendo fundados no Brasil). Portanto NÃO estão em comunhão eclesial com a igreja de deus Tupã…
    2- os Arautos rezam e fazem exorcismos, o que enfurece os deuses ancestrais e prejudica o relacionamento com outras formas de expressão de fé…
    3- Pregam a Fé em um único Deus, com isso prejudicando a convivência pacifica…
    4-Usam o habito todos os dias e em todos os ambientes. Pratica medieval que a muito caiu em desuso condenada pela ditadura do relativismo, que os Arautos não reconhecem.
    5- Celebram a liturgia Católica com toda a pompa e grandeza, omitindo qualquer cântico ou dança que possa se aproximar de um culto “Culturoancestral“ que é a raiz de nossas crenças…
    6- Consentem e incentivam que seja praticada a CASTIDADE em seu meio, evidenciando com isso, que estão em clara oposição aos dogmas pregados pelo mundo moderno…

    Existem mais, se quiserem posso dizer mais tarde, mas já dar para ter uma ideia do teor do documento. revejam com base no acima escrito a sua posição….

    1. Muito boa essa comparação das práticas condenadas nos Arautos com as práticas que serão exaltadas durante esse mês sobre a Amazônia.Continue mostrando outra comparações. Fica claro o motivo da perseguição.

    2. Oh, Tigre, bem acertado seu comentário, mas não esqueça dos outros pontos também.
      7 – NUNCA houve uma instituição que demonstrasse tanta devoção pelo Sacrifício do altar, tratando-o sempre com respeito e conservando nos fiéis o senso do sagrado.
      8- O esplendor dos vasos sagrados, das vestes, dos ornamentos do altar é inteiramente para a glória de Jesus Eucarístico e veneração para com a divindade.
      Mais pontos surgirão…. Nos vemos em breve.
      9-

      1. Cara Flavia, tivestes então acesso ao mesmo documento???
        Seguindo;
        9- Eles procuram mostrar com orgulho a Cruz de Cristo, que carregam no peito ostensivamente, contrariando o costume dos bispos de a esconder no bolso…
        10- Procuram formar os alunos de seus seminários, em um ambiente de fé e moral, ensinando sobre tudo teologia, filosofia e direito canônico, e não com ênfase em política e desenvolvimento socioeconômico ou ainda ecológico, como esta em voga no mundo de hoje…
        11- São muito firmes em seus princípios morais, desprezando as novidades do mundo moderno e globalizado.
        12- suas construções são todas no antiquado e ridículo estilo gótico…quando deveriam ser em estilo pós-moderno ou selvático-amazônico, que é muito mais civilizado…
        13-

  9. A certeza da vitória.Acabo de assistir um vídeo no qual o Senhor Doutor Plínio afirma que nós lutaremos com o gladio do espírito contra nossos adversários.Muitos anos após ele ter dito isso,podemos confiar que lá do céu ele nos conduzirá à vitória com o auxílio de Nossa Senhora,que disse:Por fim Meu Imaculado Coração Triunfará.

    1. Queda claro que no existen motivos que justifiquen el comisariato aplicado a Los Heraldos. No tengo dudas saldrán indemnes de esta prueba. Los gran acción evangelizadora desarrollada por Los Heraldos solo es posible con la gracia de Dios, y Dios sabe cuidar de sus hijos.

  10. Excelente artigo. Percebe-se que são armações contra os Arautos, é a serpente querendo destruir a obra de Nossa Senhora, mas “ninguém pode pôr a mão no que é de Deus”, “Deus não morre” e “o inferno não prevalecerá”!

  11. Sr. Carlos Montfort já não é o senhor quem vive, mas o desejo sanguinário de ver uma obra a serviço de Nossa Senhora destruída que vive no senhor.

    Ao Sr. Luis de Montfort (que não é da Montfort) excelente texto. Espero que não tenha jogado pérolas aos porcos.

    1. Claudia, as pérolas ficam, os porquinhos passam.. Já viu que eles e outros vem aqui só para se prestigiar e a cada post fica claro que são uns burros! Não tá fácil ser hipócrita nem ignorante neste blog, os Leões e Leoas não deixam passar uma!

  12. Eu e minha família somos leigos.
    Mas, em quase 3 anos frequentando a obra dos Arautos, crescemos espiritualmente 10 anos ( considerado na linha do tempo ). Como é dito, aprendemos mais com os erros de que com os acertos.
    Assim segue:

    Erros dos Arautos do Evangelho que me auxilia:

    1- Me ensinaram a ser católico praticante, mais ainda que já praticava e achava que era suficiente.
    2- Me ensinaram a amar a Santa Igreja, ainda mais.
    3- Me ensinaram a importância da Eucaristia.
    4- Me ensinaram a Amar Maria Santíssima.
    5- Me ensinaram a obediência que devemos ter ao Santo Padre.
    6- Me ensinaram o valor da família.
    7- Me ensinaram a confessar com frequência.
    8- Me ensinaram a importância da reza do Santo Terço.

    Por causa destes erros:

    1- Participo da Santa Missa todos os domingos.
    2- Busco conhecer mais a grandeza de minha Igreja.
    3- Rezo o Rosário todos os dias.
    4- Busco ensinar meus filhos dentro da moral católica.
    5- Agradeço a Deus antes e depois das refeições.
    6- Faço o sinal da cruz quando passo por uma Igreja Católica.
    7- Tento ser o reflexo de Deus através dos ensinamentos constantes dos Arautos.
    8- Confesso todos os meses.
    9- Em minhas orações, entrego tudo nas mãos Nossa Senhora.

    Por esses e outros erros dos Arautos do Evangelho, hoje posso dizer:
    Sou Católico Apostólico Romano.
    Amo a minha Igreja e amo Nossa Senhora.

    “Só recebe pedradas, a árvore que possui bons frutos”.

    Quem não tem o que oferecer de bom, no mínimo deve se calar…

    1. A maior graça de nossas vidas é fazer parte da Família de almas dos Arautos do Evangelho! Toda formação Católica, o amor a Santa Igreja e a Nossa Senhora que temos devemos a Mons. João Clá Dias!

  13. Minha família e eu, conhecemos de perto os Arautos, aprendi muito e continuo aprendendo, rezar o Rosário todos os dias, a partir do exemplo dos mesmos e muito mais…
    Não vejo nada de ruim!
    Maria Carolina Araújo Ouverney Spitz

  14. Impressionante como a cada ataque feito aos Arautos do Evangelho, vai ficando mais evidente sua autaneria , a veracidade, a grandiosidade, o amor e zelo que têm a Santa Igreja Católica !
    Esbravejem os inimigos , demonstrem o ódio e façam suas calúnias , o bom povo católico vão desmascarando vocês !

  15. He he he Carlos Monfort,
    Mas, muitos de vocês vão procurar Padres Arautos na Catedral da Sé nos primeiros sabados e até no Thabor… para confessar-se .que hipocrisia é essa.

  16. “Não sou em quem vivo”….hehehee…..não apoio de maneira alguma o progressismo, sou tradicionalista, mas acho que o papa está certo em fazer isso com os Arautos!! Os Arautos precisam ser extirpados, seita gnóstica!

    1. Carlos, você tem que se preocupar com os assuntos da montfort,
      pois parece que alguns cabritos dai estão desobedecendo o guru, e estão indo na Basílica do Thabor, para assistir MISSA NOVA, e aproveitam para tirara um pouco o “mofo” na confissão…
      Talvez o chefe não saiba mas “o professor condenou esta porcaria”…
      Não dou nomes pois se vocês não tem capacidade de vigiar o próprio rebanho,que conhecem, como podem estar falando de outros que desconhecem????

    2. Nesse comentário do Carlos Montfort vemos um exemplo do que Dom Henrique Soares da Costa e o Olavo de Carvalho denunciaram sobre o Fedelli e a Montfort:
      Vê gnose em tudo e raciocínio infernalmente circular.

      Queridão, como é possível o Papa intervir em uma seita?

    3. Montfort: quando é do seu interesse “Papa”. Quando é contra seu interesse: “Bergoglio”.
      Parece um cachorrinho correndo atrás do próprio rabo.
      Ou é muito burro ou é doido…

    4. Antes de mais nada só para esclarecer, sou Luis de Montfort e não Luis da Montfort. Vejamos se o sr. Carlos raciocinou antes de postar seu comentário neste blog que graças a Deus preza pelo lumen rationis, ou se simplesmente usou os jargões dos mafiosos da obra do Sr. Dr. Plinio, que já estão mofados pelo tempo, como aliás certas associações tradicionalistas…

      Gnose
      Gnose vem da palavra grega gnosis (γνῶσις) “conhecimento” significando o conhecimento direto sobre o divino que por si só provê a salvação (assim conquistando o codinome de “Alta Teologia”). Para os gnósticos antigos, a gnosis existia no âmbito da cosmologia, do mito, da antropologia e da prática usada dentro de seus grupos. Assim, a gnose não era apenas a iluminação mas viria acompanhada por uma compreensão – como expressado nos Resumos de Teódoto de Bizâncio- sobre “quem éramos, o que nos tornamos, onde estávamos, para onde fomos lançados, para onde estamos indo, do que estamos libertos, o que é o nascimento e o que é renascimento”.[40]

      *** Estou procurando alguma semelhança disto com os Arautos mas ainda não encontrei, se alguém quiser me ajudar… vamos continuar…

      Seitas e grupos gnósticos
      “A morte de Simão Mago” na Crónica de Nuremberg (“Liber Chronicarum”, 1493).
      Simão Mago e Marcião de Sinope: ambos tinham tendências gnósticas, mas as ideias que eles apresentaram estavam ainda em formação; por isso, eles podem ser descritos como pseudo- ou proto-gnósticos. Ambos desenvolveram um considerável conjunto de seguidores. O pupilo de Simão Mago, Menandro de Antioquia também pode ser incluído neste grupo. Marcião é popularmente identificado como gnóstico, porém a maior parte dos estudiosos não entende assim.[48]
      Cerinto (c. 100 d.C.), o fundador de uma escola herética com elementos gnósticos. Como gnóstico, Cerinto mostrou Cristo como um espírito celeste separado do homem Jesus e citou o Demiurgo como criador do mundo material. Porém, ao contrário dos gnósticos, Cerinto ensinava os cristãos a observar a lei judaica; seu demiurgo era sagrado e não inferior; e acreditava na segunda vinda de Cristo. Sua gnosis era um ensinamento secreto atribuído a um apóstolo. Alguns estudiosos acreditam que a Primeira Epístola de João foi escrita em resposta a Cerinto.[49]
      Ofitas, assim chamados por reverenciarem a serpente do Gênesis como um fonte de conhecimento.
      Cainitas, que como o nome implica, veneravam Caim, assim como Esaú, Coré e os sodomitas. Há pouca evidência sobre a natureza deste grupo; porém, é possível inferir que eles acreditavam que indulgência no pecado era a chave para a salvação, pois dado que o corpo é intrinsecamente mau, é preciso denegri-lo com atitudes imorais (veja libertinismo). O nome ‘cainita’ não é utilizado aqui no sentido bíblico de “descendentes de Caim” (que segundo a Bíblia foram exterminados no Dilúvio).
      Carpocracianos, uma seita libertina que acreditava unicamente no Evangelho dos Hebreus.
      Borboritas, uma seita libertina gnóstica, que acredita-se ser uma derivação dos nicolaítas
      Paulicianos, um grupo adocionista, também acusado por fontes medievais como sendo gnóstica e quasi-maniqueísta. Eles floresceram entre 650 e 872 na Armênia e nas províncias (ou temas) orientais do Império Bizantino.
      Bogomilos, a síntese (no sentido do sincretismo) entre o paulicianismo armênio e o movimento reformista da Igreja Ortodoxa Búlgara, que emergiu durante o Primeiro Império Búlgaro entre 927 e 970, e se espalhou pela Europa.
      Cátaros (Cathari, Albigenses ou Albigensianos) são tipicamente vistos como imitadores do gnosticismo. Se os cátaros possuíam ou não uma influência histórica direta do antigo gnosticismo ainda é tema disputado, embora alguns acreditem que numa transferência de conhecimento dos bogomilos.[50]

      *** Ainda não achei… alguém achou aí?

      Em essência, foi decidido que “gnosticismo” seria um termo historicamente específico, restrito a significar os movimentos gnósticos prevalentes no século III, enquanto “gnosis” seria um termo universal de um sistema de conhecimento retido “para uma elite privilegiada”.

      *** Ahhh… será que o Sr. Carlos estará se referindo a isso? Aquela outra máfia mofada de que a TFP era elitista??? Considerando que seja isso vamos colocar algumas perguntas: Se é para uma elite privilegiada porque os Arautos continuam incessantemente seu apostolado e atraindo mais e mais vocações, tanto para ordem I, II e III?
      O termo “elite” designa pessoas de classe social alta? Se for… pelos Arautos que conheço, com raras exceções… a começar por mim quando estava lá…
      já caiu por terra…
      Obrigado

  17. Sr. Jimenez,
    Magnifica carta, serena, profunda, irrefutável, esclarecedora, parabéns,… mas, me trouxe uma reflexão; todas as documentações fornecidas, os milhares de depoimentos favoráveis, volumes de explicações, enfim, a árvore e seus frutos, que todos dão testemunhos a todo instante, as comunidades e as capelas confiadas aos Arautos, os colégios e faculdades, e sobretudo, em dois mil anos de Historia da Igreja, o que foi sempre inaltecido, a admiração, amor e respeito pelos fundadores, nada disso parece fazer efeito algum junto aos detratores… e aos que comandam e manipulam os cordões…. Resolvi compilar a letra de uma ópera e adaptar, ao que me parece ser, a explicação para essa situação caluniosa sobre os Arautos do Evangelho.
    Texto de Ópera bufa Italo-brasileira

    Il Barbiere Ubriaco (borracho)
    Dialogo entre dois conspiradores que tramam contra a reputação de inocente vitima
    Aria “La calunnia”
    Personagens:
    BRAZILIO : MENTOR MOR, MUITO AFEITO AOS VAPORES ÉTÍLICOS E …
    BARTOLIOS: O GRANDE BENIFICIARIO DO ANIQUILAMENTO DA POBRE VITIMA.

    Sugiro que use a musica da Opera de Rossini” Il Barbiere de Seviglia” ao ler esse texto, para captar com mais realismo a cena…

    A trama…

    BRAZILIO
    É preciso começar a inventar algumas
    farsas que diante de todos os torne
    malvistos, que os façam parecer homens
    infames, almas perdidas…
    Eu, eu lhe ajudarei: daqui a poucos dias
    acredite em mim, juro, nós os faremos
    fugir dos muros da cidade.
    BARTOLIOS
    O senhor acredita? Es capaz?
    BRAZILIO
    Oh, claro! É o meu sistema. É minha especialidade.
    E não falha. Hic !!! Desculpe, aquela marvada tava muito boa!
    BARTOLIOS
    Humm! Tá um bafo só!!!
    E o que quer? Difundir Calunias, pero,
    Calúnias… ??
    BRAZILIO
    Ah, então o senhor não sabe o que é
    uma calúnia?
    BARTOLIOS
    Não, de verdade.
    BRAZILIO
    Não? Ouça-me em silêncio. É infalível.
    BRAZILIO (Cantando com uma voz grave sonoramente, entrecortadas de Hics!!!)
    A calúnia é um vento, uma brisa quase
    gentil que insensível, sutil, levemente,
    docemente, começa a sussurrar.
    Pouco a pouco, rastejando, em voz baixa,
    sibilando, vai correndo, vai zumbindo,
    nos ouvidos da gente, introduz-se
    astutamente, e as cabeças e os cérebros
    deixa aturdidos e inchados.
    Saindo da boca, o rumor vai crescendo,
    ganha força, pouco a pouco, vai voando
    de um lugar a outro; parece um trovão,
    uma tempestade, que do seio da floresta
    vai assobiando, retumbando, e faz você
    gelar de horror.
    Por fim, transborda e arrebenta,
    propaga-se e se multiplica, produzindo
    uma explosão como um tiro de canhão,
    um terremoto, um temporal, um tumulto
    geral, que faz o ar retumbar.
    E os infelizes, caluniado, desprezado,
    esmagado, sob o público flagelo, achará
    que morrer é uma grande sorte.
    Ah! O que me diz?
    BARTOLIOS
    Eh! Será verdade, mas, enquanto isso,
    perde-se um tempo que aqui é vital.
    Não, farei à minha maneira.
    Vamos ao meu escritório…. Ra La,La Ra La ÊÊÊ… Per veritá, per veritá . Figarôô..

    1. Confesso que tentei!!!
      Costumo cantar un pouco de Opera, só para tirar o extresse, mas é muito dificíl de colocar os “hics”… se perde a impostação da voz…
      Talvez poderias mudar tambem o nome, sugiro –O carniceiro e o vati”cana”–

  18. ENIGMAS:
    -O que estão fazendo as centenas de milhares (ou mais?) de professores e alunos no mundo inteiro que se dedicam a estudar Direito Canônico? No Brasil (e em todos os países civilizados) existem a Constituição e os Códigos de Direito que as autoridades municipais, estaduais e federais devem respeitar. A Igreja Católica não segue o Direito Canônico? Um Cardeal pode simplesmente jogar na trituradora de papel as sentenças emitidas pelas autoridades locais (bispos da diocese e outros)? Pergunto porque a impressão que dá é que o Comissariamento foi decidido antes de se saber o resultado da Visita Apostólica… ou há outra explicação?
    -como é que Dr Plinio conseguiu denunciar com 40 anos de antecedência o que está acontecendo nesse mês de outubro de 2019 no Sínodo da Amazônia? O livrinho (é pequeno em tamanho -só 48 páginas na versão pdf-, mas grandioso no seu alcance). Procure: Tribalismo Indígena, ideal comuno-missionário para o Brasil no século XXI

  19. Parabéns. A igreja está cheia de lobos em pele de cordeiro, enganando severamente os católicos, espalhando heresias e maldades, ensinando a pior apostasia da história que é a teologia da libertação (apostasia da perdição).

  20. Por trás desta perseguição aos Arautos,está um papa não santo.Se fosse santo já teria nos defendido.É interessante ver um post que saiu no Blog:E o tempo trouxe…
    O título do post é:Igreja Católica,um papa não papa! em julho de 2017.Mostra que a eleição do atual papa teria sido inválida.

    1. Aos Ex Arautos -Minas Gerais ( Alexandre,L. ou J.B.Tigre)Favor apagar quando houver imprudência.Às vezes a gente pensa que está escrevendo no Residuum Revertetur.

      1. Sr. Luis Antônio,
        Salve Maria!!!
        Não tenho como apagar, mas mesmo se conseguisse, não vejo o porque, pois imprudências tem cometido os do outro lado e não os leones, quero ver quando começar sair a verdade inteira… acho até que esta espécie de bombardeio midiático, é a tentativa de tapar o rugido do leão que estar se aproximando… creio que é desespero de causa, pois de outro modo era só fazer a perseguição dentro da igreja e fechar o grupo, como fizeram com mais de 60 entidades até agora neste pontificado…
        Esta campanha é só a demonstração do medo que eles tem e da insegurança a respeito da reação dos ofendidos, se a memória não os ajudar a lembrarem, o farão as feridas passadas…
        AO BRADO DO LEÃO O INIMIGO VAI AO CHÃO!!!

          1. Acho que não se deve apagar nada, porque somos o que somos, entendo sua preocupação com imprudências em tempo de guerra mas pelo que tenho podido “captar” isso está SUPERADO, eles que deveriam ter sido prudentes, mas não o foram. Não se trata mais de se esconder bem na trincheira, estamos todos fora e avançando!!! É minha opinião, e acho que será confirmada em breve.

  21. Gente, percebam que o DEMÔNIO está usando a mesma tática para retirar do caminho aqueles que atrapalham seus planos de matar a Igreja.
    Anos atrás as hostes do inferno usaram os vazamentos do ‘Vatileaks’ para causar um escândalo e desgaste de imagem, forçando Bento XVI a renunciar, e aí o Vaticano foi apossado por uma máfia anticatólica, que parou de combater o aborto, homossexualismo e comunismo.
    Com os Arautos vejo que as hostes infernais também fizeram A MESMA SEQUÊNCIA!!! Primeiro vazamentos de mídias para causar escândalo e desgaste de imagem, e forçar o Monsenhor João Clá a renunciar.
    E agora com o comissariado vão tentar fazer A MESMA TÁTICA QUE FIZERAM EM ROMA. QUEREM ASSUMIR A LIDERANÇA PARA DESTRUIR!!
    SÓ NÃO ENXERGA QUEM NÃO QUER VER!!!
    Cuidado!!! Todo alerta é pouco!!
    Assistam o canal do youtube TV Nossa Senhora de Fátima, do Professor Emílio.

    1. 😱 faz muito sentido esse seu comentário.
      Mesmo os Arautos não falando contra o sínodo como muitos Católicos tem feito, eles incomodam…
      E pode ter certeza, que SE essa igreja panteística sair do sínodo os Arautos do Evangelho serão a resistência.
      Melhor prevenir do que remediar…

    2. Vá para o raio que o parta, seu polemista histérico! Aproveite e leve esse seu professor de araque, herege sedevacante e inimigo do papa junto!

    3. Wagner, o pior de tudo é que o que você está dizendo infelizmente faz sentido. Acho que vou precisar de uns 2 anos para digerir tudo isso. Que horror meu Deus, será possível

  22. Ótimo! Excelente!
    Que tal pedir aos Arautos para publicarem uma versão com fotos do “Tribalismo indígena, ideal comuno-missionário para a Igreja do Século XXI”?

    Além de atualíssimo, seria, ao mesmo tempo, um ato de justiça com a figura profética do Dr. Plínio Correa de Oliveira. Profética no sentido próprio, isto é, “guia do povo de Deus”… obra escrito na década do 70!!!

    3 de outubro de 2019

  23. Rompendo o silêncio mesmo!!! Quero fazer parte do exército!
    Os três que, desnecessariamente, investigaram os Arautos, mais Aviz, é que deveriam dar testemunho público do valor que os Arautos representam para a Igreja nos dias atuais. Entreguei pessoalmente, um testemunho à Ir. Antonieta. No tribunal de Deus, vamos nos encontrar novamente!
    Sou ex Arautos, com sangue de LEÃO!!!

  24. “Roma se tornará pagã e se transformará na sede do Anticristo”, já dizia a Virgem Maria nas aparições de La Salette.
    Estamos vendo isso acontecer ao vivo. O Sínodo da Amazônia é uma apostasia oficial.
    Essa turma que está no Vaticano é uma gangue liderada pela máfia de St. Gallen.
    A verdadeira Igreja está em situação de perseguição, e é liderada por Bento XVI, o verdadeiro PAPA, que está prisioneiro no Vaticano. Quando há dois papas vivos SEMPRE um dos dois será falso. Leiam as profecias de São Malaquias. Assistam o canal TV Nossa Senhora de Fátima, do Professor Emílio.
    https://www.youtube.com/watch?v=9xfsTN6_HsQ

    https://www.youtube.com/watch?v=55fU-t0_75g

    https://www.youtube.com/watch?v=MqtX6b5xbc4

    1. Conheci este Monsenhor João Clá Dias no início da década de 80, portanto há quase 40 anos atrás. Ele ainda era o “Senhor João”. Um formador de almas, principalmente da juventude. Um CATÓLICO com maiúsculas garrafais, grande devoto da Santíssima Eucaristia, do Papado e da Virgem Maria. Sou testemunha disso por tantas e tantas reuniões nas quais eu participei. Quando minha filha que hoje tem 23 anos esteve doente, certo que não era uma doença incurável, mas era algo que trazia grandes problemas para ela, ele esteve aqui na região. Ela tinha então 10 meses de vida. Eu pedi então a ele que a abençoasse. Ele a pegou em seus braços, rezou por ela a Nossa Senhora e daquele dia em diante nenhuma crise da doença a prejudicou. Eu vi Monsenhor sobreviver a “mutucas” e afins. Com ele aprendi a amar a Santa Igreja Católica e embora tenha ficado tempos sem praticar realmente minha fé, num mundano abandono, foi por ele que retornei à prática verdadeira da fé que professo: Católica Apostólica e Romana. Hoje frequento as reuniões de um dos soldalícios e posso testemunhar mais ainda que ali brilha a fé e a virtude. Nele, como disse um advogado quando perguntado o que fora ver em Arns (Santo Cura D’Arns) eu vi “Deus num homem”. A Igreja possui inúmeros exemplos de santos que foram “vistoriados” pela hierarquia. Vejam a história recente de Santo Pio. E olhem a obra de Monenhor! Após meu afastamento, quando retornei o que vi me extasiou!! Uma obra toda feita pelas mãos de Nossa Senhora. Os cães passam, os “mutucas” e afins se vão e a Caravela segue altaneira!!Todo meu respeito, apoio e admiração a #monsenhorjoaocladias . “Só recebe pedradas a árvore que dá bons frutos”

    1. Prezado Sr. Raimundo, Salve Maria!
      Gostaria apenas de precisar que o autor do artigo não é Doutor em Teologia, mas em Direito Canônico, ou seja do ordenamento jurídico, da “Constituição”, dos “Estatutos” da Santa Igreja, o que o faz plenamente capacitado para avaliar a validade, ou não, do Decreto de Comissariamento…
      Apenas para ajustarmos a mira, comprimir a munição e não desperdiçarmos pólvora, pois a caçada vai ser boa! 😉
      Claro, apenas quando nosso Invicto e Glorioso Generalíssimo mandar abrir fogo…

  25. Excelente artigo!!!! Realmente elucidativo e esclarecedor.!DAI-Nos O VIRGEM PURA FÉ,PUREZA E BRAVURA!TU ÉS OH RAINHA DE GLÓRIA! A CERTEZA DA VITÓRIA. VIVA CRISTO REI ! E MARIA, NOSSA RAINHA!!!! Palmas ,mil vezes palmas!!!!!

  26. O deseja o coracao de nossa senhora e de jesus ao permitir tamanha atrocidade e injustiça contra seus filhos . Creio que sairemos mais vitoriosos e fortes depois dessa perseguicao . Assim como cristo parecia derrotado quando morreu na cruz e foi apenas a ante sala da sua gloria . Aguardamos confiantes poderosa rainha a vitoria sua e de seus filhos

  27. Excelente carta emitida por quem entende do assunto! Numa linguagem elevada, respeitosa e filial, mas afiada como navalha!!! Creio que é um “recadinho” a quem interessar possa do que pode vir por aí… Veio-me à mente neste instante a lembrança de, em minha infância presenciar, em dias tempestuosas, em que a eletricidade do ar era quase tangível, de repente, ao longe um raio fulgurante… e… nada acontecia… Eram segundos quase eternos… De repente, o trovão ribombando e fazendo tremer o chão e o coração dos presentes…. Esta carta, para mim, é como este raio… As consequências são imprevisíveis… Fica a dica…

  28. Salve Maria!
    Comentário muito elucidador, muito bem documentado. Vê-se claramente a má intenção dos caluniadores e de certa imprensa. Mas a verdade prevalecerá.

    1. Con mucha atención he leído este artículo, y me impresiona la lógica que utiliza, nada de sensacionalismos ni sentimentalismos. Donde deja bien claro que detrás de estos actos hay un hilo que maneja los acontecintentos que atacan a los Heraldos del Evangelio. Felicitaciones al autor.

  29. Talvez esse “erro básico” do decreto, unido a muitas outras atitudes, não sejam mera semelhança com as dos fariseus no julgamento e condenação de Nosso Senhor a morte…

  30. Parabéns Doutor!!!!
    Quando os americanos invadiram a ilha de yvojima no Japão, durante a segunda guerra, os japoneses ficaram ocultos por suas trincheiras, cavadas solidamente na rocha, durante as primeira levas de desembarque, preparando as armas e escolhendo cuidadosamente os alvos, que devido a facilidade da marcha e ausência de resistência se julgaram seguros e descuidaram a segurança mostrando-se livremente como belos alvos. Resultado os japoneses , mesmo em menor numero, (a diferença era de 10 para 1) conseguiram expulsar os americanos… que só conquistaram a ilha depois de encarniçadas batalhas posteriores posteriores e com dezenas de milhares de baixas…
    Talvez o Arautos estejam usando a mesma tática nipônica com a atual investida de seus inimigos, com a ressalva que, sobre eles paira a promessa do Divino Mestre à sua verdadeira Igreja. `ÀS PORTAS DO INFERNO NÃO PREVALECERÃO CONTRA ELA“. Mesmo que tiverem que enfrentar o mundo inteiro, sei que terão confiança, pois disse ainda o Salvador; “CORAGEM!!! EU VENCI O MUNDO“
    Feliz dia amadíssimo Pai e Senhor!

  31. E a amazônia começará a pegar fogo, ou será um circo? Vemos os palhaços do sínodo (fantasiados de purpurina e coisas do gênero) que estão a postos de queimar nada menos que a Santa Igreja. Mas dá impressão que antes eles querem sepultar o leão que é sua fiel escudeira. Será que o leão vai ser sepultado sem ao menos lutar ? …

  32. Muy bien explicado. Los Heraldos del Evangelio han demostrado un amor a la Santa Iglesia Católica, en todos sus actos y sus miembros son un reflejo de ello: Por sus frutos los conoceréis (Lc. 6.43-44). Los amigos, simpatizantes y ex arautos podemos dar fé que, todo lo aprendido y vivido en la obra fundada con Monseñor Juan Clá nos sirve para ser mejores ciudadanos, profesionales y amar más a nuestras familias. La verdad siempre prevalecerá ante la verdad.

  33. Excelente publicação.
    Sou muito grata aos Arautos do Evangelho ,por conhecer a verdadeira Igreja Católica Apostólica Romana.
    ” Por Fim o Meu Imaculado Coração Triunfará “.

  34. É inexplicável, inaceitável e indignante que após quase dois anos de visitação, cujo relatório final não aponta sequer uma falha na instituição, sejam nomeados comissários sob a alegação de corrigir distorções. Quais? Não há. Mas alguém ouviu o fantasma de um senador romano dizendo: Delenda Cartago e adaptou: Delenda Araldi. O motivo é o mesmo: Cartago incomodava Roma.
    Por outro lado, é edificante saber que apenas uma “defesa prévia” saiu no excelente nível deste texto.

    Dá pra imaginar o que vem. Especialmente na certeza de que N Sra está com os Arautos.

  35. Excelente artigo. Coloca muitos pingos nos “is”. Digo “muitos” porque ficou nas entrelinhas que outros temas podem ser esclarecidos. É só se entreverem a continuar com as agressões.
    Destaco dois pontos:
    1) Houve um ilícito na decretação do comissariado. Qual? É uma curiosidade.
    2) Muito oportuna a menção ao livro “Tribalismo …” . O Sínodo da Amazônia é a continuação da ação tribalista da Teologia da Libertação. E o próprio cardeal Gérard Muller tem declarado isto.
    Esperemos o desenrolar dos acontecimentos. A contenda parece estar apenas começando. Nossa Senhora é a Rainha da História, e não deixará seus filhos desamparados.

    1. Nooossaaaaaaa!!!
      Uma campanha de rua, com capas e estandartes para divulgar este livro do Sr. Dr. Plinio: “Tribalismo …”??? Algo mesclado com as denúncias do Residuum Revertetur, dando nome aos bois e demais chifrudos.
      Seria o terror dos gambás, tico-ticos, cardeais, aviz raras e demais serpentários!!!
      E, agora, com uma plataforma de ação incomparavelmente maior que a TFP tinha há 24 anos…

  36. Muito bom!! Somos nós contra o mundo. Ninguém pense que nos encontrá cabisbaixos, pelo contrário, estamos com a espada da fé em mãos, a armadura da verdade e a certeza que no fim o Imaculado Coração de Nossa Senhora Triunfará. E para quem não está acostumado é bom saber que essa instituição é formada por Sacerdotes, religiosos, religiosas e famílias da ordem terceira e temos um só desejo neste momento: JUSTIÇA!

  37. Os inimigos dos filhos de Deus são pródigos em inventar teorias, heresias, e atribuí-las – no presente caso – aos Arautos do Evangelho. O texto acima aponta algumas que espantam pelo desvario, absurdo, como a da ‘trindade’ dos dirigentes da Associação.
    Uma das últimas baboseiras causou-me indignação. Falar contra Nossa Senhora é algo que ofende seu Filho de modo especial. Como temos dedicada devoção a Nossa Senhora de Fátima, acusar essa devoção e atitude de ‘milenarismo’ é afrontoso. Essa heresia foi propagada por Joaquim de Flora (séc. XIII), e outros na história do cristianismo, assim rotulando um pretenso reinado de Cristo, ou de Maria, no mundo e com uma duração de um mil anos. Ora, desejar o cumprimento da promessa de Fátima, em 1917, nada tem de milenarismo. Quem sinceramente ama a Deus, deseja sua vitória no mundo o quanto antes.
    Cito algumas passagens do livro de S. Luis Grignion de Monfort: este santo mariano esmaga esta peçonha da serpente infernal e exalta os planos divinos e marianos.
    “Mas, na segunda vinda de Jesus Cristo, Maria tem de
    ser conhecida e, por isso, deve ser manifestada pelo Espírito
    Santo. Por Ela fará Conhecer, Amar e Servir Jesus Cristo,
    uma vez que já não subsistem as razões que o levaram a ocultar,
    durante a vida, a sua Esposa, e a revelá-la só muito pouco,
    desde a pregação do Santo Evangelho.”
    E, finalmente, Ela deve brilhar em graça, para animar
    e suster os valorosos soldados e fiéis servos de Jesus Cristo,
    que combaterão pelos Seus interesses. (pag. 48)

    7º. Enfim, Maria deve ser terrível para o demônio e
    seus sequazes, como um exército disposto em linha de batalha (Ct 6, 3.9), principalmente nestes últimos tempos. A razão
    disso é que o demônio intensifica todos os dias seus esforços
    e combates, visto saber bem que tem pouco tempo (Ap 12,
    12), e muito menos do que nunca, para perder as almas. Suscitará
    em breve cruéis perseguições, e armará terríveis emboscadas
    aos servos fiéis e verdadeiros filhos de Maria, pois
    lhe são precisos mais esforços para vencer estes do que os
    outros. (Pag. 49)

    Enfim, Deus quer que sua Mãe seja hoje mais conhecida,
    mais amada e mais honrada do que nunca. Isso acontecerá,
    sem dúvida, se os predestinados entrarem, com a graça e
    a luz do Espírito Santo, na prática interior e perfeita que
    seguidamente lhes descobrirei. Verão então, com tanta claridade
    quanto a fé lhes permitir, a formosa estrela do mar, e, se
    obedecerem às suas diretivas, chegarão a bom porto apesar
    das tempestades e dos piratas. Conhecerão as grandezas desta
    soberana e devotar-se-ão inteiramente ao seu serviço, como
    Seus súditos e Seus escravos de amor. Experimentarão as suas
    doçuras e bondades maternais, e amar-lhe-ão ternamente,
    como Seus filhos muito queridos. Conhecerão as misericórdias
    de que Ela é cheia, e sentirão a necessidade que têm do
    seu socorro. Recorrerão sempre a Ela, em todas as coisas,
    como sua querida advogada e medianeira junto de Jesus Cristo.
    Compreenderão que Ela é o meio mais fácil, mais curto,
    mais perfeito para irem a Jesus, e a Ela se entregarão de corpo
    e alma, sem reservas, para do mesmo modo pertencerem a
    Jesus Cristo. (Pag. 51). [Novíssima Versão Portuguesa Fiel à Ed. Original Francesa]

    De fato, as aparições de Nossa Senhora são o evento mais profético do século XX.
    Cabe a cada um implorar sua realização, com a consequente derrota do mal hodierno.
    Os Arautos do Evangelho pautam sua vida, orações e missões amparados pela Virgem
    de Fátima, cuja Imagem conduzem a todos os recantos conclamando a conversão
    dos pobres pecadores. Santa Jacinta e São Francisco Marto, rogai por nós e implorem
    uma vez mais a derrota implacável dos inimigos da Virgem Maria.

    1. Mesmo sendo católica bem praticante , não tinha assistido uma missa com mais de 10 Sacerdotes (exagerando). Quando assisti uma missa nos Arautos com mais de 100 Sacerdotes, achei que estava no céu. Quem sabe com tantas visitas , nossos irmãos aprendam que só poderemos ter Santas Vocações se as praticarmos.

  38. Exelente publicación! Tal cual todo lo señalado, en todo el mundo estamos pendientes no sólo Heraldos, colaboradores y ex Miembros del Grupo, sino también muchos religiosos que conocen a los Heraldos y que saben de sus frutos y el gran apostolado que realizan en cada uno de los países que se encuentran y están atentos a este acto tan “misericordioso”, de amor y de conciliación que se lleva a cabo.

  39. ROMA pegando fogo novamente! O blog de TOSSATI é muito conhecido nas esferas vaticanas. Mas olha só: até no site oficial dos Arautos (link embaixo), que “acolhem respeitosamente e em espírito de comunhão eclesial a nomeação” dos representantes enviados (os Arautos: sempre cordiais, pacíficos e elegantes!) nem por isso deixam de ressaltar que POSSUEM DOCUMENTO DE ATESTADO DE INOCENCIA dado em encontro com os próprios e mesmíssimos visitadores apostólicos “nos quais esteve presente o Presidente Geral dos Arautos do Evangelho, consignados em atas devidamente arquivadas, nada foi encontrado contra a moral, a sã doutrina ou às leis eclesiásticas e civis”. MUITO DIFICIL DE EXPLICAR TUDO ISSO. Fraude, perseguição, e agora a Amazônia também pegando fogo de novo? E é assim que pretendem vencer o profetismo?
    Feliz dia Senhor Sacral, profeta invicto de Nossa Senhora!!!

  40. Um comissariado que só pode-se explicar pelo ODIO e pelo AMOR…

    Pelo ODIO:
    “Entre Vós Jesús, e o demônio, entre o bem e o mal, entre a verdade e o erro, há um ódio profundo, irreconciliável, eterno. As trevas odeiam a luz, os filhos das trevas odeiam os filhos da luz, a luta entre uns e outros durará até a consumação dos séculos, e jamais haverá paz entre a raça da Mulher e a raça da Serpente…”

    Pelo AMOR:
    “Declaro que vivi e espero morrer na Santa Fé Católica Apostólica e Romana, à qual adiro com todas as veras de minha alma. Não encontro palavras suficientes para agradecer a Nossa Senhora o favor de haver vivido desde os meus primeiros dias, e de morrer, como espero, na Santa Igreja, à qual votei, voto e espero votar até o ultimo alento, absolutamente todo meu amor. De tal sorte que todas as pessoas, instituições e doutrinas que amei durante minha vida, e atualmente amo, só as amei ou amo porque eram ou são segundo a Santa Igreja, e na medida em que eram ou são segundo a Santa Igreja. Igualmente, jamais combati instituições, pessoas ou doutrinas senão porque e na medida em que eram opostas à Santa Igreja Católica.”

    Um comissariado que pode ser explicado, por Plinio Correa de Oliveira, pedra de escándalo e ruina da Revoluçao!
    Feliz día pai e senhor!

      1. Essa carta do Sr Jiménez ,é o que transborda de seu coração. É escrita por um Doutor em Direito Canônico, e membro dos Arautos, os Arautos estão sempre conforme os ensinamentos da Santa Madre Igreja,e esse é o testemunho dele,é o que ele viu . Obrigada por suas palavras Doutor, encheu- nos de entusiasmo!!

    1. Aqui nao tem figurinhas de palmas, mas mil palmas para esse comentário. Sob a pena de nosso queridíssimo Senhor Doutor Plínio Corrêa de Oliveira, explicação à escolha.

  41. Ótimo! A verdade tem que ser defendida sempre!
    Pena que ainda não é por alguém da direção dos Arautos…
    Até uma simples nota à imprensa saiu depois do artigo deste site. Parece que as pessoas que estão do lado de fora tem mais interesse em defender a verdade do que os que estão lá dentro.
    Mas aos poucos os Leões vão saindo da toca e a verdade começa a ser defendida.
    Talvez este site sirva de inspiração para outros Arautos e até pra a direção da instituição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.